- Advertisement -
InícioPolícia/SCApós denúncia do MPSC, pai que matou a filha de cinco anos...

Após denúncia do MPSC, pai que matou a filha de cinco anos por asfixia é condenado em Guaramirim

- Advertisement -
  • Jadi Imóveis
    Jadi Imóveis

Em Guaramirim, durante sessão do Tribunal do Júri nesta terça-feira (30/08), Ubiratan Luis Modrock, denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) por ter matado a filha Evilyn Vitória Modrock, de cinco anos, por estrangulamento, foi condenado por homicídio triplamente qualificado – asfixia, motivo torpe e recurso que impediu a defesa da vítima. A pena foi fixada em 30 anos de reclusão, em regime fechado.

A Promotora de Justiça Ana Paula Destri Pavan, da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Guaramirim, que atuou perante o Conselho de Sentença, sustentou que o crime foi premeditado. “O réu, após tirar a vida de sua filha, disse às autoridades policiais que a casa havia sido invadida e o invasor matou a pequena Evilyn e o esfaqueou”.

Ela argumentou ainda, no Tribunal do Júri, que a condenação deveria ser acatada de acordo com os termos apresentados na denúncia, pois o crime foi praticado por motivo torpe – não aceitar o rompimento do relacionamento com a mãe da vítima -, por asfixia e por uso de recurso que impediu a defesa da vítima. Além de Evilyn ter sido atacada de surpresa, é preciso considerar a desproporcionalidade de forças, já que a vítima era uma criança de apenas cinco anos de idade.

O MPSC foi atendido integralmente pelo Tribunal do Júri. Na sentença, a Juíza não concedeu ao réu o direito de recorrer em liberdade.

Familiares da vítima acompanharam o julgamento e fizeram um protesto pacífico em frente ao Fórum de Guaramirim. A mãe de Evilyn, Franciele Beregula, disse que “nada vai tirar essa dor que eu carrego no dia-a-dia. É uma sensação de que a justiça foi feita aqui na terra. Mas, a partir de agora, consigo tentar seguir minha vida sem esse peso desde que tudo aconteceu”.

Como ocorreu o crime 

No dia 12 de junho de 2021, no bairro Guamiranga, na cidade de Guaramirim, Norte de Santa Catarina, o denunciado Ubiratan Luis Modrock, estrangulou a filha de apenas cinco anos de idade, causando sua morte.

De acordo com a denúncia, o motivo do crime foi o inconformismo do réu com o fim do relacionamento com a mãe da vítima.

- Advertisement -
Redação
Redaçãohttps://www.facebook.com/jornalfolhadoestadosc
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Social
15,000FãsCurtir
10,000SeguidoresSeguir
5,000SeguidoresSeguir
500InscritosInscrever
Ultimas Nóticias
- Advertisement -
Recem postados
- Advertisement -
  • Jadi Imóveis
    Jadi Imóveis