ITAJAÍ CHEGA AOS 164 ANOS COMO POTÊNCIA DO PRESENTE DE OLHO NO FUTURO

Em comemoração ao aniversário de 164 anos de Itajaí, celebrado neste sábado (15), serão distribuídas cinco mil fatias de bolo à população. O corte do bolo será a partir das 15h, na Praça Vidal Ramos (Marco Zero),

Conjunto de radares reforçará ações contra tráfico aéreo na fronteira

- Advertisement -


.

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (18) da inauguração da Estação Radar de Corumbá, cidade localizada na fronteira do Brasil com a Bolívia, no Mato Grosso do Sul. O novo instrumento reforçará o sistema de radares e monitoramento da Força Aérea Brasileira (FAB) e ampliará a vigilância na fronteira, em especial para repressão ao tráfico com ações de interceptação de aeronaves.

“De maio para cá, não só Polícia Federal, bem como a Polícia Rodoviária Federal, vem batendo recordes de apreensão de drogas e armamento pelo Brasil. Isso que estamos inaugurando aqui, que é um projeto de algum tempo, vai colaborar e muito no combate a esse tipo de crime em nosso país”, disse Bolsonaro.

A nova estação possui dois radares para controlar o espaço aéreo, com foco na cobertura em baixas altitudes e identificação de aeronaves não-autorizadas. De acordo com a FAB, outros dois instrumentos serão implantados nas cidades de Porto Murtinho e Ponta Porã, ambas em Mato Grosso do Sul, o que garantirá a vigilância em toda a fronteira do estado com os países vizinhos. O projeto é uma ação conjunta dos ministérios da Defesa e da Justiça e Segurança Pública.

Em comunicado, o governo do Mato Grosso do Sul afirmou que o reforço no sistema de radares da Aeronáutica “será fundamental no combate ao tráfico internacional de cocaína boliviana na região de fronteira para o Brasil a partir de Corumbá”.

“Somente neste ano, segundo a FAB, foram interceptadas mais de 3,5 toneladas de cocaína em voos clandestinos da Bolívia para o Brasil, por meio das unidades de caça, na maioria das vezes interceptações do Esquadrão Flecha, da Ala 5 (antiga Base Aérea de Campo Grande)”, diz, acrescentando que, de janeiro a agosto deste ano, a polícia sul-mato-grossense também tirou de circulação mais de 424 toneladas de drogas, um aumento de 88% em relação ao mesmo período do ano passado.

Edição: Valéria Aguiar

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News