DEFESA CIVIL ALERTA PARA VOLUMES ALTOS DE CHUVA NO RS

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu na noite de terça-feira (21) um novo alerta para chuvas intensas no estado, com volumes que podem ficar entre 120 mm e 150 mm na metade sul do estado para os próximos dois dias. 

FLORIANÓPOLIS: ASSISTÊNCIA SOCIAL E MPSC DISCUTEM TERMO DE COOPERAÇÃO

- Advertisement -

REUNIÃO OCORREU ONTEM NA CAPITAL

Em uma reunião nesta quinta-feira, 3/8, a secretária de Estado da Assistência Social, Mulher e Família, Maria Helena Zimmermann, discutiu com o Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e Terceiro Setor (CDH), do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), a renovação de um Termo de Cooperação para a ferramenta de Business Intelligence que visa o compartilhamento de dados da Assistência Social que possam dar suporte aos promotores de todo estado em ações envolvendo a área.
Com a ferramenta, as Promotorias de Justiça teriam acesso a diversos dados como números do cofinanciamento da Assistência Social em Santa Catarina, do CadÚnico e outras informações que ajudam o Poder Judiciário a entender melhor o trabalho da Assistência e a distinguir as responsabilidades que cabem aos municípios e ao Governo do Estado em relação a alguns serviços. Os dados seriam de acesso restrito às Promotorias de Justiça e protegidos pela LGPD.
—- O Business Intelligence é uma ferramenta que vai facilitar o trabalho dos promotores e beneficiar tanto o Ministério Público quanto a Secretaria de Assistência Social, Mulher e Família no sentido de dar transparência, agilizar a apuração dos dados e facilitar o entendimento dos promotores em relação ao trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado nessa área. Hoje a Secretaria acaba tendo que responder diversas ações judiciais que deveriam ser endereçadas diretamente aos municípios ou outras secretarias pois não tem relação com o nosso trabalho — comentou Maria Helena Zimmermann.
Na reunião a secretária também convidou o MPSC para integrar uma série de capacitações que serão ministradas pela Secretaria Estadual da Assistência Social em todas as regiões do Estado. O intuito é unir esforços para fortalecer as políticas públicas e diminuir a necessidade de medidas judiciais. A primeira rodada de capacitações acontece a partir do dia 29 de agosto, em São Miguel do Oeste.

Parceria com o Centro de Apoio Operacional da Infância, Juventude

Outra reunião nesta quinta-feira foi no Centro de Apoio Operacional da Infância, Juventude e Educação (CIJE) do Ministério Público de Santa Catarina. Com o promotor Eder Cristiano Viana, a secretária tratou de parcerias para diminuir a necessidade de adoção de medidas judiciais para acolhimento de crianças e adolescentes por meio do programa Família Acolhedora. A implantação do serviço ainda é um desafio em muitos municípios catarinenses.

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News