DEFESA CIVIL ALERTA PARA VOLUMES ALTOS DE CHUVA NO RS

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu na noite de terça-feira (21) um novo alerta para chuvas intensas no estado, com volumes que podem ficar entre 120 mm e 150 mm na metade sul do estado para os próximos dois dias. 

FLORIANÓPOLIS: GOVERNO EMPOSSA RICARDO GUIDI NO MEIO AMBIENTE

- Advertisement -

 

EVENTO OCORREU POUCO ANTES DO MEIO DIA

Conforme noticiamos na manhã de hoje (7), em ato bastante prestigiado na Casa D’Agronômica, o governador Jorginho Mello deu posse ao novo secretário de Estado do Meio Ambiente e da Economia Verde, o criciumense Ricardo Guidi.
O político se licenciou do cargo de Deputado Federal para assumir como secretário estadual. Ricardo Guidi é bacharel em direito, pós-graduado em gestão empresarial. É filho do já falecido e ex-prefeito de Criciúma, ex-deputado estadual e ex-secretário de estado, Altair Guidi e da professora e ex-senadora, Sandra Zanatta Guidi.
Ao empossá-lo, o governador Jorginho Mello afirmou que o secretário Ricardo Guidi assume com o desafio de respeitar e valorizar o pequeno agricultor que faz todos os esforços para preservar uma grande parte das florestas nativas e das nascentes dos rios aqui no estado, e que por isso é preciso reconhecer e ampliar os esforços de preservação.
“É um grande desafio e o governador ja passou algumas missões como a questão do crédito de carbono que tem como objetivo remunerar aquele pequeno agricultor que cuida da sua vegetação. Santa Catarina também tem parques belíssimos e precisamos voltar nossos olhares para os cuidados com nossa flora e fauna, então, vamos procurar desenvolver parcerias público-privadas para que a gente possa aproveitar toda essa beleza que a natureza nos proporciona, desenvolvendo o turismo, gerando emprego e renda. A gente só cuida daquilo que conhece, por isso queremos criar uma consciência ecológica nas pessoas”, destacou o secretário Ricardo Guidi.
A recém criada secretaria de Estado do Meio Ambiente e da Economia Verde vai trabalhar em conjunto com outros órgãos, buscando, dentro das leis, dar mais celeridade para as licenças que vão, por exemplo, desassorear rios, evitando enchentes etc. Também se pretende trabalhar em conjunto com o setor turístico, pensando em agilizar ações que sejam de interesse público. Vale destacar que Santa Catarina reduziu o desmatamento da Mata Atlântica em 46% nos primeiros meses de governo.

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News