DEFESA CIVIL ALERTA PARA VOLUMES ALTOS DE CHUVA NO RS

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu na noite de terça-feira (21) um novo alerta para chuvas intensas no estado, com volumes que podem ficar entre 120 mm e 150 mm na metade sul do estado para os próximos dois dias. 

HOJE, 23 DE ABRIL É O DIA DO LIVRO, ESSE INSTRUMENTO DE VITAL IMPORTÂNCIA PARA A EDUCAÇÃO DOS POVOS

- Advertisement -

Os livros são instrumentos importantes e valiosos para o homem 

Dia Mundial do Livro, desde 1995, é comemorado todos os anos no dia 23 de abril, para homenagear as obras literárias e seus autores, bem como conscientizar as pessoas sobre a importância da leitura. A data foi escolhida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) durante o XXVIII Congresso Geral, que ocorreu em Paris naquele ano.

Este dia foi criado para estimular as pessoas, principalmente os jovens, a conhecerem os prazeres da leitura e reconhecerem a contribuição que as obras literárias e seus autores tiveram, e ainda vêm tendo, ao longo da história.

A escolha do dia 23 de abril foi motivada por ser a data de morte de importantes escritores da história: William Shakespeare, Miguel de Cervantes e Garcilaso de la Vega. Outra motivação pode ter sido a tradição catalã, que celebra em 23 de abril o dia de São Jorge e tem o costume de dar uma rosa para quem compra um livro nesta data. Esse hábito de trocar flores por livros acabou se tornando comum em vários países.

Historicamente, o primeiro Dia do Livro surgiu na Espanha e era comemorado no dia 5 de abril desde 1926, no entanto, em razão da data de morte do escritor Miguel de Cervantes, a data comemorativa foi alterada para o dia 23.

Após algum tempo a ONU reconheceu a data. Além de celebrar o Dia Mundial do Livro, neste dia também são legitimados os direitos do autor, para ressaltar a importância de assegurar os direitos autorais legais das obras.

A justificativa para tal comemoração, de acordo com o trecho da ata da conferência, foi a seguinte:

“A Conferência Geral, por considerar que o livro vem sendo, historicamente, o elemento mais poderoso de difusão do conhecimento e o meio mais eficaz para sua conservação, […] que toda iniciativa que promova sua divulgação redundará oportunamente não só no enriquecimento cultural de quantos tenham acesso a ele, mas no máximo desenvolvimento das sensibilidades coletivas em relação aos acervos culturais mundiais e à inspiração de comportamentos de entendimento, tolerância e diálogo.”

De acordo com a diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, é dever da organização proteger a liberdade de produzir literatura e valorizar as profissões que envolvem o livro, bem como promover a leitura e a escrita para combater o analfabetismo e a pobreza.

Ao celebrar o livro, celebram-se também todas as atividades envolvidas, como a leitura, a escrita, a tradução, a edição e a publicação, assim como a liberdade de expressão. O autor também é celebrado como artista e detentor dos direitos legais de suas obras, a partir das discussões sobre o tema na Convenção Universal sobre o Direito de Autor, ocorrida em 1952, e na Convenção de Berna para Proteção das Obras Literárias e Artísticas, em 1986.

SENDO ASSIM, NO DIA MUNDIAL DO LIVRO, TODOS OS PAÍSES SÃO CONVIDADOS A:

Celebrar a literatura mundial. Refletir sobre a importância da leitura. Estimular o acesso aos livros. Discutir as obras dos grandes nomes da literatura. Apresentar novos autores ao mundo. Conscientizar os leitores sobre os direitos de autor.

Tradicionalmente, são relembradas, discutidas e reverenciadas grandes obras da literatura mundial de autores consagrados como William Shakespeare, Miguel de Cervantes, Mary Shelley, Machado de Assis, Thomas Mann, James Joyce, Aldous Huxley, George Orwell, Clarice Lispector, Caio Fernando Abreu, Jorge Amado, Paulo Coelho entre muitos outros.

NOTA DA REDAÇÃO: Através dos livros, é possível viajar para os lugares mais distantes, é possível conhecer as mais diferentes culturas, além dele proporcionar que se aprenda novas línguas e estimule nossa imaginação. A leitura também é fundamental para a formação crítica e reflexiva dos indivíduos, pois permite que todos nós possamos analisar e compreender a realidade ao nosso redor. O Livro e a leitura são quase ou tão importantes como o ar que respiramos!

 

 

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News