DEFESA CIVIL ALERTA PARA VOLUMES ALTOS DE CHUVA NO RS

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu na noite de terça-feira (21) um novo alerta para chuvas intensas no estado, com volumes que podem ficar entre 120 mm e 150 mm na metade sul do estado para os próximos dois dias. 

ITAJAÍ: MUNICÍPIO RETIRA PROJETO DA MAREJADA DA CÂMARA DE VEREADORES

- Advertisement -

 

A FESTA FOI CANCELADA POR FALTA DE APROVAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

O Município de Itajaí retirou da pauta da Câmara de Vereadores o projeto de lei de suplementação orçamentária que era necessária para a realização da Marejada deste ano. A decisão leva em conta os prazos para a execução da edição 2023 do evento.
O PL 101/2023 foi enviado à Câmara de Vereadores no dia 3 de julho. Três dias depois foi colocado em votação o pedido para análise do projeto em regime de urgência. Como a urgência foi rejeitada pela maioria dos vereadores, a Marejada 2023 foi cancelada.
O pedido de retirada, protocolado ontem, terça-feira (25), deu-se porque os projetos de lei encaminhados ao Legislativo podem levar meses para serem analisados em tramitação normal. Desta forma, mesmo com a aprovação, não haveria tempo hábil para realizar as licitações para a execução da festa.
Após a reprovação do pedido de urgência do PL 101, os vereadores entraram em recesso. Realizaram uma sessão extraordinária na última segunda-feira (24) para tratar sobre outro projeto, mas não houve sinalização de que a suplementação para a Marejada fosse ser colocada em pauta.
“Aguardamos ainda esses últimos dias a pedido da classe empresarial que nos procurou e tentou convencer a maioria dos vereadores para pautar o projeto, o que não ocorreu. É triste, porque perdem tanto os profissionais que operam na festa, quanto músicos, trabalhadores e todos os empreendimentos comerciais do entorno”, lamenta o secretário municipal de Turismo e Eventos, Thiago Morastoni.

A CÂMARA FALHOU AO NÃO VOTAR?

A Marejada é a mais tradicional das festas itajaienses, a maior do pescado do Brasil e faz parte do calendário catarinense das festas de outubro. No ano passado, o evento teve sua maior edição. Gerou mais mil empregos diretos, recebeu mais de 300 mil visitantes e teve impacto econômico de R$ 8,6 milhões em vendas diretas, sendo que mais de R$ 2 milhões retornaram ao Município.

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News