- Advertisement -
InícioGeralBrasilO Réu e Deputado Tebaldi e mais 40 votaram pelo fim da...

O Réu e Deputado Tebaldi e mais 40 votaram pelo fim da corrupção (…)

- Advertisement -

tebaldiDos 48 deputados réus, 40 apoiaram o impeachment, além de Eduardo Cunha, 20 deputados também suspeitos de receber do esquema de corrupção na Petrobras participaram da sessão de ontem. Quinze apoiaram a abertura do processo. De Santa Catarina, o deputado Marco Tebaldi (PSDB-SC) votou pelo Impeachment: Tebaldi responde a Ação Penal 569 – Crimes de falsidade ideológica e emprego irregular de verba pública.

O total de parlamentares sob suspeita é muito maior, como mostra o último levantamento geral do Congresso em Foco, que inclui congressistas que respondem a inquérito (investigação preliminar) ou ação penal (processo). Até o fim de novembro, quase 200 deputados e senadores, entre apoiadores e adversários de Dilma, eram investigados no Supremo.

O voto dos investigados na Operação Lava Jato:

Afonso Hamm (PP-RS) Impeachment – sim
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) Impeachment – sim
Arthur Lira (PP-AL) Impeachment – sim
Dilson Sperafico (PP-PR) Impeachment – sim
Eduardo da Fonte (PP-PE) Impeachment – sim
Eduardo Cunha (PMDB-RJ) Impeachment – sim
Jerônimo Goergen (PP-RS) Impeachment – sim
José Mentor (PT-SP) Impeachment – não
José Otávio Germano (PP-RS) Impeachment – sim
Lázaro Botelho (PP-TO) Impeachment – sim
Luiz Carlos Heinze (PP-RS) Impeachment – sim
Luiz Fernando Faria (PP-MG) Impeachment – sim
Mário Negromonte Junior (PP-BA) abstenção
Missionário José Olimpio (DEM-SP) Impeachment – sim
Nelson Meurer (PP-PR) Impeachment – sim
Renato Molling (PP-RS) Impeachment – sim
Roberto Balestra (PP-GO) Impeachment – sim
Roberto Britto (PP-BA) Impeachment – não
Simão Sessim (PP-RJ) Impeachment – sim
Vander Loubet (PT-MS) Impeachment – não
Waldir Maranhão (PP-MA) Impeachment – não

O total de parlamentares sob suspeita é muito maior, como mostra o último levantamento geral, que inclui congressistas que respondem a inquérito (investigação preliminar) ou ação penal (processo). Até o fim de novembro, quase 200 deputados e senadores, entre apoiadores e adversários de Dilma, eram investigados no Supremo.

- Advertisement -
Redação
Redaçãohttps://www.facebook.com/jornalfolhadoestadosc
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Social
[td_block_social_counter facebook="jornalfolhadoestadosc" twitter="josesantana77" youtube="FOLHADOESTADOSC" style="style3 td-social-colored" f_counters_font_family="450" f_network_font_family="450" f_network_font_weight="700" f_btn_font_family="450" f_btn_font_weight="700" tdc_css="eyJhbGwiOnsibWFyZ2luLWJvdHRvbSI6IjMwIiwiZGlzcGxheSI6IiJ9fQ==" instagram="folhadoestadosc" manual_count_facebook="15000" manual_count_twitter="5000" manual_count_youtube="500" manual_count_instagram="10000"]
Ultimas Nóticias
- Advertisement -
Recem postados
- Advertisement -