PACHECO AFIRMA QUE AUMENTAR NÚMERO DE DEPUTADOS NAS COMISSÕES MISTAS GERA DESEQUILÍBRIO

- Advertisement -

 

UMA BRIGA DE CACHORRO GRANDE

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, discorda de Arthur Lira, presidente da Câmara, e diz que abrigar mais deputados que senadores em comissões mistas é uma proposta “desequilibrada”.


O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, chamou nesta terça-feira (28) de “desequilibrada” a proposta de abrigar mais deputados que senadores em comissões mistas de medidas provisórias e afirmou que ela enfrenta “dificuldades”. A possibilidade foi defendida no mesmo dia pelo presidente da Câmara, Arthur Lira, e por líderes partidários.
Pacheco defendeu “peso igual entre as duas Casas” e disse que “uma não pode ter mais força que a outra”. O senador comentou ainda que a participação da Câmara e do Senado nos colegiados que debatem MPs é igual há mais de 20 anos.
As comissões mistas são formadas por 12 deputados e 12 senadores. Como o número de parlamentares na Câmara, 513, é superior ao do Senado, 81, os deputados reivindicam mais espaço nos colegiados.
NOTA DA REDAÇÃO: Nessa briga de foice e machado, vamos ver quem leva a melhor. Se na escolha  vingar a democracia, será mantido o equilíbrio. Porém, se uma das casas quiser levar vantagem sobre a outra, aí o bicho vai pegar. Mas eles que são brancos que se entendam. Enquanto isso, nós, meros mortais, que não temos nada com isso, ficamos no porto a ver navios. Tudo isso acontecendo, e nós aqui na “praça, dando milho aos pombos”.

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News