DEFESA CIVIL ALERTA PARA VOLUMES ALTOS DE CHUVA NO RS

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu na noite de terça-feira (21) um novo alerta para chuvas intensas no estado, com volumes que podem ficar entre 120 mm e 150 mm na metade sul do estado para os próximos dois dias. 

PELO ANDAR DA CARRUAGEM A VACA PODE IR PRO BREJO

- Advertisement -

OMAR AZIZ DIZ QUE VAI TIRAR TUDO A LIMPO

Investigação aberta por Omar Aziz sobre propina de Bolsonaro pode levar à anulação da venda da Refinaria Landulpho Alves. Isso porque o primeiro passo será cobrar que a Petrobrás se explique por que vendeu o ativo pela metade do preço.
A investigação aberta pelo senador Omar Aziz (PSD-AM) sobre a venda da refinaria Landulpho Alves ao fundo Mubadala, potencializada após a descoberta de que Jair Bolsonaro recebeu propina de R$ 16,5 milhões de autoridades árabes, tem potencial para anular a privataria. Isso porque o primeiro passo será cobrar que a Petrobrás se explique por que vendeu o ativo pela metade do preço – o que representou uma economia da ordem de R$ 10 bilhões. A refinaria, que pertencia a Petrobrás, foi vendida para Mubadala Capital pelo valor de US$ 1,8 bilhão, abaixo da estimativa feita pelo Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep), que indica que a refinaria valia entre US$ 3 bilhões e US$ 4 bilhões.
“Como presidente da comissão CTFC, vou abrir investigação no Senado sobre a venda refinaria da Petrobras Landulpho Alves, na Bahia, para o fundo árabe Mubadala Capital”, postou Aziz nas redes sociais. “Qualquer violação ao interesse da União, relação com a tentativa de descaminho de joias, ou qualquer ato que tenha gerado vantagens a autoridades nessa venda, será levado à Justiça para punição dos envolvidos”, ressaltou em seguida. Ainda conforme o senador, “o primeiro passo da comissão será pedir documentos da Petrobras sobre a avaliação de preço abaixo do valor de mercado do ativo brasileiro para os estrangeiros”.

As joias da discórdia

O MUBADALA
O Mubadala Investment Company é um fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos (EAU), sediado em Abu Dhabi. Foi criado em 2002 com o objetivo de diversificar a economia do país e gerar retornos financeiros sustentáveis para o governo.

O QUE É O MUBADALA?
O Mubadala gerencia mais de US$ 230 bilhões em ativos em diversas classes de ativos, incluindo petróleo e gás, tecnologia, imóveis, infraestrutura, serviços financeiros, aeroespacial, semicondutores e metais. O fundo é uma das maiores entidades de investimento do mundo e tem participações em várias empresas globais conhecidas, como a AMD, Emirates Global Aluminium, Ferrari, General Electric, entre outras.

PRESSÃO SOBRE BOLSONARO AUMENTA
O cerco está se fechando sobre Bolsonaro no caso das joias avaliadas em R$ 16,5 milhões que foram apreendidas pela Receita Federal. O TCU determinou ontem que o ex-presidente preste depoimento e proibiu que ele venda ou use as joias. E o Senado resolveu investigar se há relação entre a venda supostamente subfaturada de uma refinaria da Petrobras e as peças que o governo Bolsonaro tentou trazer ilegalmente para o Brasil.

AVALIAÇÃO
Procuradores avaliam que deve ficar na primeira instância, e não no STF, a investigação do caso das joias de R$ 16,5 milhões apreendidas na alfândega e do estojo de peças de luxo que entrou no Brasil sem ser declarado. O estojo 2, como se sabe, está em poder de Bolsonaro que já admitiu que sim. A pergunta é: até quando?

O NÚMERO É 19.470
Esse é o total de itens ganhos por Bolsonaro, entre eles 44 relógios, 54 colares e 74 facas. A lista de presentes inclui outras peças dadas pela Arábia Saudita.

INDÍCIO DE CRIME
A Polícia Federal vê indício de crimes contra a administração pública no caso das joias de R$ 16,5 milhões. Lavagem de dinheiro, desvio de recursos públicos (peculato), descaminho e delitos de natureza tributária são os crimes a que Bolsonaro pode responder, segundo especialistas.

MINISTRO MENTIU
Outra novidade no caso é que o ex-ministro Bento Albuquerque, mentiu para os sauditas, dizendo que as peças tinham sido incorporadas à “coleção oficial brasileira”, sem mencionar a apreensão na alfândega. O analista do Uol, Wálter Maierovitch explica por que não cola a defesa de Bolsonaro no caso das joias e destaca a diferença das versões dadas por ele e por Michelle.

SOB NOVA DIREÇÃO
O governo federal deve anunciar entre hoje (sexta) e amanhã (sábado) o aumento de 39% no repasse para a merenda escolar no0 Brasil. O valor diário por estudante do ensino fundamental e médio passará de R$ 0,36 para R$ 0,50.

E O TETO DE GASTOS?


Pelo que descreve a ministra Simone Tebet (Planejamento) é quase milagreira a proposta em preparação para substituir o teto de gastos. Ela diz que isso vai agradar aos que se preocupam em zerar o déficit fiscal e estabilizar a relação dívida/PIB e também quem quer garantir os investimentos necessários para o Brasil voltar a crescer. É esperar pra ver…

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News