POLÍCIA DE SANTA CATARINA TEM QUEDA DE 78,57% NOS CASOS DE LATROCÍNIO

- Advertisement -

DESEGADO RESSALTA RESULTADOS

A Polícia Civil de Santa Catarina divulgou o balanço de dados envolvendo mortes violentas e cumprimentos de mandados judiciais referentes aos primeiros sete meses do ano. Os dados se referem ao período entre 1º/01 a 31/07 e apontam uma queda de 78,57% nos casos envolvendo latrocínio, quando criminoso mata a vítima para roubá-la.
De acordo com o relatório da Diretoria de Inteligência da PCSC, no mesmo período do ano passado, houve 14 registros de latrocínio, contra 3 casos ocorridos neste ano.
Outra informação revelada pela análise de dados foi queda de 0,98 % nos casos de homicídio, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2022 foram registrados 307 homicídios contra 304 nos primeiros sete meses do ano.
Para o delegado-geral, Ulisses Gabriel, os resultados estão atrelados a uma polícia forte e eficiente. O delegado admite que o governador Jorginho Mello não tem medido esforços para equipar e valorizar a segurança pública. Ele dissse que essa política de investimentos é fundamental para que a Polícia Civil potencialize seus resultados com equipes qualificadas, inteligência, recursos tecnológicos e atuação em rede. O Delegado afirma que o mesmo vale para o cumprimento de mandados de busca que tiveram uma alta de 49,38% entre 1º de janeiro e 31 de julho, e que os mandados de prisão estão na mesma tendência com alta de 47,88% no cumprimento da referida ordem judicial.

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News