Polícia Federal combate crime de sonegação fiscal

- Advertisement -


Chapecó/SC – Nesta manhã (20/8), a Polícia Federal deu cumprimento a mandado de busca e apreensão, na residência de um indivíduo que atuava informalmente na elaboração e envio de declaração de imposto de renda pessoa física para aproximadamente 79 pessoas. O suspeito utilizava informações inverídicas para supressão e redução de imposto, especialmente mediante a inserção de despesas médicas inexistentes.

Quatro policiais federais participaram das buscas, realizadas na residência localizada no bairro Passo dos Fortes, em Chapecó/SC, que resultaram na apreensão de computadores, pen drive, cartões de memória, supostamente utilizados para a prática criminosa.

A investigação iniciou em fevereiro de 2021, após uma profissional da área da saúde prestar declarações na Polícia Federal comunicando a utilização indevida de seu nome e CPF para comprovação de despesas de saúde inexistentes.

Nos autos do inquérito policial instaurado o envolvido poderá ser indiciado pelo crime de sonegação fiscal (artigo 1º, da Lei .8.187/90), com pena máxima de 5 anos, entre outros crimes.

Comunicação Social da Polícia Federal em Chapecó/SC

Contado: dpf.cm.xap.srsc@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(49) 3321-6900

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News