PRESOS PELA POLÍCIA CIVIL AUTORES DE HOMICÍDIO E TRÁFICO DE DROGAS

- Advertisement -

UMA PROVA DE QUE O CRIME NÃO COMPENSA

PORTO BELO: A Polícia Civil, pela Delegacia de Polícia de Porto Belo prendeu preventivamente na manhã de terça-feira (09/05) duas pessoas suspeitas da morte de Jô Henrique Oliveira Borges em novembro de 2021, no bairro Perequê, e cumpriu três mandados de busca e apreensão em residência. Durante as investigações foi apurado que a vítima era usuária de drogas e teria causado confusão em um ponto de vendas, como punição, a autora, responsável pelo ponto de tráfico local, autorizou seus subordinados a “darem uma lição” na vítima por ter causado transtorno no ponto de venda de drogas.
A vítima já havia deixado o local, teria ido jogar futebol na praça, quando os dois autores, um maior de idade e outro adolescente foram até a praça e começaram a agredir a vítima que tentou escapar dos agressores, mas recebeu várias pauladas na cabeça, deixando-a inconsciente no chão, momento em que os agressores bateram uma foto da vítima e encaminharam para a mandante do crime. A vítima chegou a ser socorrida com vida, mas veio a óbito no hospital por morte cerebral.
As investigações prosseguiram sendo apurada a qualificação dos dois homens que executaram o crime e da mandante. Foi representando pela prisão cautelar, bem como pela expedição de mandados de busca e apreensão na residência dos envolvidos. O Ministério Público manifestou-se favoravelmente, bem como o Poder Judiciário deferiu as medidas.
A ação contou com o apoio de Policiais Civis das Delegacias de Itapema, Tijucas e Bombinhas e do NOC – Núcleo de Operações com Cães da PCSC. Na residência da mandante do crime, a Polícia apreendeu porções fracionadas de cocaína, pequena porção de maconha, balança de precisão, a quantia de R$ 3.180,00, um carregador para pistola, seis aparelhos de telefone celular, uma bicicleta com registro de furto, um par de algemas entre outros objetos. Diante disso foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante em desfavor da autora pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de acessório de arma de fogo e receptação.
Após o interrogatório a presa foi encaminhada ao Complexo Penitenciário da Canhanduba, em Itajaí, permanecendo à disposição da justiça.
Também foi cumprido o mandado de prisão preventiva em desfavor do autor do homicídio que estava recolhido no Presídio de Brusque.

PC DE OLHO VIVO EM TUDO

Polícia Civil, você pode não ver, mas estamos sempre presentes! Colabore você também com a segurança de nossa cidade, denuncie, disque 181 ou no WhatsApp (48)98844-0011, que sua identidade será mantida em sigilo.

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News