ITAJAÍ CHEGA AOS 164 ANOS COMO POTÊNCIA DO PRESENTE DE OLHO NO FUTURO

Em comemoração ao aniversário de 164 anos de Itajaí, celebrado neste sábado (15), serão distribuídas cinco mil fatias de bolo à população. O corte do bolo será a partir das 15h, na Praça Vidal Ramos (Marco Zero),

Robson Almeida e Virking mostram muita inspiração no Caldas Country 2019

- Advertisement -
source

A mais recente edição do Caldas Country, que aconteceu nesta sexta e sábado, em Caldas Novas, no coração de Goiás, berço da música sertaneja, mostrou que há muita gente talentosa em cena e que merece confete assim como Gusttavo Lima, Matheus & Kauan, Simone & Simaria, Marília Mendonça, Henrique & Juliano, entre outros.

Leia também: Marcelo Bandeira celebra 20 anos de carreira e fala de peça que cita seu nome

Robson Almeida arrow-options
Lucas Batista

Robson Almeida

Tanto que continua rendendo bons frutos para Robson Almeida, que lançou oficialmente a faixa “Quem foi que Escreveu a Nossa História?” no palco principal do megaevento. Ao tentar explicar a emoção de ver “seus versos cantados por um mar de gente”, o artista goiano, com mais de 15 anos de carreira e que botou geral para dançar, não escondeu a emoção: “Indescritível”.

Leia também: Casamenteira, Sabrina Sato dá uma nova roupagem para o “Domingo Show”

O novo álbum de Robson conta com assinatura do não menos talentoso Carlos Randall, vencedor do Grammy Latino, em 2010, com “Tapa na Cara”, interpretada por Zezé Di Camargo & Luciano, que, aliás, também tem canções gravadas por Júlio Iglesias, Bruno & Marrone, Leandro & Leonardo, César Menotti & Fabiano, Chitãozinho & Xororó, Christian & Ralf e Edson & Hudson. Um showzão.

Robson Almeida arrow-options
Lucas Batista

Robson Almeida

Quem também deu o que falar! >>>Aqui colocar (no mínimo) duas fotos, por favor!

Se você acompanha a indústria da música eletrônica há algum tempo, com certeza já escutou as tracks de um dos maiores produtores brasileiros: Virking, que, assim como o DJ Alok, animou a 14ª edição do Festival Caldas Country Show. Mas antes de subir ao palco e assumir as pick-ups, ele trocou algumas palavras com a coluna e o iG Gente. Vem ver!

  • 1) Como começou a sua carreira?
Robson Almeida arrow-options
Divulgação

Virking

Aos 14 anos tocando na minha festa de aniversário e também na de amigos, porque não gostava muito da sequência das músicas. Então, organizava tudo e escolhia as melhores… (risos).

  • 2) Quais são os seus projetos futuros?

Um deles é a criação de uma gravadora para dar oportunidade para muitos talentos do nosso Brasil que não têm espaço na cena musical.

  • 3) Quais conselhos daria para um artista em início de carreira?

Paciência, foco e dedicação. A caminhada não é fácil, mas com disciplina tudo dá certo e na hora certa. Para chegar ao lugar desejado é necessário trabalhar duro e produzir aquilo que o faça feliz. A pista já tem muita coisa clichê.

  • 4) Qual o seu diferencial na hora de produzir um som?

Acredito que seja essa pegada de eletronic dance music (EDM) mesclada com a atual house music.

  • 5) A que atribui o carinho do público com o seu trabalho?
Virking arrow-options
Divulgação

Virking

Leia também: Jornalista de celebridades Marcelo Bandeira é o novo colunista do iG Gente

Performance na pista: gosto de interagir com a música.

Fonte: IG GENTE
Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News