SÃO JOSÉ: PROERD FORMA 35 NOVOS INSTRUTORES 

- Advertisement -

FORMATURA FOI NESTA QUINTA EM SAO JOSÉ SC

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) da Polícia Militar de Santa Catarina, formou a 33ª turma de instrutores. A solenidade ocorreu nesta quinta-feira, 28, em São José e com a formatura, o Programa passa a contar com 35 novos instrutores. Dentre os formandos, 13 já haviam participado do Proerd quando pequenos, como alunos. O curso ocorreu entre os dias 17 a 28 de setembro de 2023, com carga horária de 94 horas/aula. Ao todo, os policiais que se formaram se juntarão aos 63 instrutores exclusivos e 200 colaboradores do Proerd, que atuam por todo o Estado.

Presidiram a mesa da solenidade o chefe do Estado-Maior-Geral da PMSC, coronel Jailson Aurelio Franzen, que no ato representou o comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, o comandante do 11º Comando Regional de Polícia Militar, coronel Cleber Pires, a chefe da Secretaria de Programas Institucionais, tenente-coronel Naíma Huk Amarante, e o presidente do Conselho Estadual de Entorpecentes (Conen), Fernando Henrique da Silveira. Também participaram do evento demais autoridades militares, civis e familiares dos formandos.

Anualmente, são capacitados aproximadamente 80.000 estudantes por ano, nos quatro currículos aplicados pelo programa. Em 2023, estão sendo atendidas 796 escolas, já sendo contabilizados 37.119 catarinenses formados pelo Proerd no 5º ano, 7º ano e alunos kids, módulos que habilitam os alunos formados a tomarem decisões seguras e saudáveis. Desde o início, em 1998, o Proerd já formou mais de um milhão de estudantes em Santa Catarina.

Para a chefe dos Programas Institucionais, tenente-coronel Naíma Huk Amarante, “o Proerd este ano comemora 25 anos de existência em Santa Catarina e, nesses 25 anos, 25% da população catarinense já participou de pelo menos um dos currículos do Proerd aplicado pela PMSC. Ensinamos as crianças a serem mais seguras, saudáveis e responsáveis”.

Em sua fala, o chefe do Estado-Maior-Geral da PMSC, coronel Jailson Aurelio Franzen compartilhou sua experiência com os novos formandos pois também já atuou como instrutor do Proerd.

– O programa tem papel fundamental na formação e na tomada de decisão das nossas crianças e adolescentes. O número de alunos formados pelo Proerd mostra que a Polícia Militar está atuando na prevenção e também com atuação comunitária, tornando a corporação como um dos melhores índices do país em ordem pública – destacou o coronel.

O PROERD

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, o Proerd, foi idealizado para prevenir o uso e o tráfico de drogas e todas as formas de violência, seja física ou psicológica. Foi implantado em Santa Catarina em 1998. O programa é coordenado pela Polícia Militar. Policiais recebem formação pedagógica específica para dar aulas em escolas públicas e privadas de todo o Estado. O foco são as crianças e adolescentes em fase escolar. A iniciativa busca despertar a consciência para o problema das drogas e da violência. O programa atende ao público infanto-juvenil, dos cinco aos 15 anos de idade.
O Proerd tem como base o Drug Abuse Resistance Education – Educação sobre resistência ao abuso de drogas (Dare), criado pela professora Rutty Hellen em conjunto com o Departamento de Polícia da cidade Los Angeles, Estados Unidos, em 1983.

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News