Secretaria do Desenvolvimento Social e Polícia Federal dão capacitação sobre atendimento a migrantes

- Advertisement -


Identificação, Documentação e Regularização é título da capacitação à distância para profissionais da Rede de Atendimento a Imigrantes que será realizada na próxima sexta-feira, 23, das 8h30 às 17h. O curso é aberto a todos e será realizado por webconferência, sendo e transmitido também pelo canal do YouTube da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social.

A iniciativa é uma parceria da SDS, por meio da Gerência de Política para Igualdade Racial e Imigrantes da Diretoria de Direitos Humanos, com o Ministério da Justiça e Polícia Federal, por meio da Delegacia de Polícia Federal em Chapecó, Unidade de Polícia de Imigração. A capacitação será ministrada por Alcione Vergil, agente administrativo da Polícia Federal e tutor de ensino a distância da Academia Nacional de Polícia Federal.

“É uma oportunidade ímpar para toda rede de serviços socioassistencial, operadores de direitos e imigrantes para que possamos avançar na garantia de direitos humanos desta população e efetivar a política pública de imigrantes no Estado de Santa Catarina”, explica Sulivan Fischer, diretora de de Direitos Humanos da SDS, órgão que atua na gestão de políticas públicas que assegura os direitos sociais das pessoas em situação de vulnerabilidade, risco e violação de direitos humanos em Santa Catarina.

A capacitação contemplará temas como o papel da Polícia Federal e sua alçada na área de migração, a nova legislação brasileira de imigração, confecção de passaportes para estrangeiros residentes no país, entre outros. Confira toda a programação neste link.

Mais informações pelo email geiri@sst.sc.gov.br ou telefone (48)3664-0814/0935.

Mais informações para imprensa:
Marta Scherer
Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Desenvolvimento Social – SDS
Fone: (48) 3664-0916
E-mail: ascom@sst.sc.gov.br

Fonte: Governo SC

Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News