DEFESA CIVIL ALERTA PARA VOLUMES ALTOS DE CHUVA NO RS

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu na noite de terça-feira (21) um novo alerta para chuvas intensas no estado, com volumes que podem ficar entre 120 mm e 150 mm na metade sul do estado para os próximos dois dias. 

TRATAMENTO DE ESGOTO

- Advertisement -

O tratamento do esgoto doméstico é muito importante para a preservação do meio ambiente e, consequentemente, para a saúde pública. O esgoto contamina rios, lagos, represas e mares porque possui excesso de sedimentos e micro-organismos que podem causar doenças.

LIGAÇÃO À REDE COLETORA

O esgoto dos imóveis residenciais e comerciais, por lei, devem estar ligados na rede pública coletora de esgoto. Já a água de chuva da calha dos telhados e pátios devem ser direcionadas para a rede pública de drenagem. 

OPÇÕES SEM REDE COLETORA

De acordo com a legislação estadual e municipal, o proprietário do imóvel é responsável pela ligação do seu esgoto à rede pública coletora. Quando não houver rede coletora disponível, é seu dever instalar o sistema de fossa séptica com itens complementares (filtro anaeróbico e sumidouro), sendo vedado por lei o lançamento de esgoto a céu aberto ou na rede de águas pluviais pelo risco de grave dano ambiental e grande prejuízo à população.

EXTAVASAMENTOS EM POÇOS DE VISITA

Nos últimos dois meses a Conasa Águas de Itapema registrou uma média de 61 obstruções na rede coletora de esgoto ao mês que causaram extravasamentos nos poços de visita. Entre os principais itens encontrados estão gordura, sólidos resultantes de limpezas de obras, pedaços de asfalto, garrafas pet, sacolas plásticas, tecidos, entre outros. Outro agravante que provoca os extravasamentos são as ligações clandestinas de esgoto sem separação com a tubulação da água pluvial, o que faz com que materiais dos quintais entrem nas redes coletoras e causem interferência no funcionamento.

ENTENDA O QUE NÃO É ESGOTO

Para garantir o bom funcionamento da rede de esgoto é importante:

  • Não jogar lixo no vaso sanitário ou nas caixas de inspeção da rede pública de esgoto como resto de comida, papel, absorventes, preservativos, cabelo, plástico, entre outros;
  • Limpar periodicamente a caixa de gordura da rede interna de esgoto do imóvel;
  • Não descartar óleo de cozinha nem borra de café na pia porque entopem a rede e poluem o meio ambiente;
  • Não fazer ligação na rede de esgoto para escoar água de chuva.
Redação
Redaçãohttps://www.instagram.com/folhadoestadosc/
Portal do notícias Folha do Estado especializado em jornalismo investigativo e de denúncias, há 20 anos, ajudando a escrever a história dos catarinenses.
- Advertisement -
Must Read
- Advertisement -
Related News